Criança de 12 anos vence ‘duelo’ entre 350 laçadores em Esteio

‘Não pode ter medo dos adultos, tem que laçar de igual pra igual’, diz Luís Felipe Rauen Zeferino, de Rio Negro (PR), que começou a laçar aos oito anos e, desde então, já conquistou mais de 50 troféus.

Luís Felipe Rauen Zeferino é um gauchinho de 12 anos que conquistou uma façanha: venceu um “duelo” entre 350 laçadores, a grande maioria adultos, no prestigiado rodeio da Fenasul, realizado em Esteio no último fim de semana. Ele dividiu o primeiro lugar com Eduardo Martini, o Badico, de Lajeado, que abriu mão do troféu de campeão em favor do menino.

E não foi em modalidades intermediárias, foi na “Força A”. Pilchadito, o guri de Rio Negro, no Paraná, montou um mangalarga, o que garantiu à raça seu maior feito em rodeios crioulos, até agora, no Rio Grande do Sul.

“Não pode ter medo dos adultos, tem que laçar de igual pra igual”, diz o guri.
Luis começou a laçar aos oito anos e, desde então, já conquistou mais de 50 troféus em rodeios. Assista a entrevista:

 

By Josias Menezes

Veja Também