O prefeito de Kiev, Vitali Klitschko, determinou que uma estátua que simboliza a amizade entre russos e ucranianos seja retirada Arco da Amizade do Povo, no centro da cidade.

A estátua de bronze, inaugurada em 1982, representa dois trabalhadores de pé, lado a lado. O monumento é um dos principais da era soviética. Segundo a prefeitura, a estrutura será desmontada nesta terça-feira (26/4).

Klitschko adiantou que o Arco da Amizade do Povo será renomeado e iluminado com as cores da bandeira ucraniana. Russos e ucranianos estão em guerra há 61 dias.

“Esta semana vamos desmontar uma escultura de bronze de dois trabalhadores, erguida em 1982 para comemorar a reunificação da Ucrânia com a Rússia. Os oito metros de metal da chamada ‘amizade de dois povos’ serão removidos do centro de Kiev”, declarou o prefeito.

Guerra

A Rússia e a Ucrânia vivem um embate por causa da possível adesão ucraniana à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), entidade militar liderada pelos Estados Unidos.

Na prática, Moscou vê essa possibilidade como uma ameaça à sua segurança. Sob essa alegação, invadiu o país liderado por Volodymyr Zelensky, em 24 de fevereiro.

A tensão no Leste Europeu voltou a subir após ao menos três ataques ucranianos contra o território russo. A escalada da violência também é influenciada pelo naufrágio do navio militar Moskva, maior embarcação de guerra russa no Mar Morto. A Ucrânia reivindicou o ataque.