Morre segunda vítima de desabamento de telhado de armazém em Paranaguá; estrutura estava em obras

Herick Cordeiro, de 27 anos, trabalhava no local no momento da queda; ele chegou a ser internado em estado grave, mas não resistiu. Acidente aconteceu no último dia 8 de maio.

Morreu a segunda vítima do desabamento de um telhado de um armazém na região portuária de Paranaguá, no litoral do Paraná. Herick Cordeiro, de 27 anos, trabalhava no local e chegou a ser resgatado com ferimentos graves.

Ele ficou internado, mas não resistiu aos ferimentos. A informação foi confirmada pela família, que também relatou que autorizou a doação de órgãos do jovem.

O desabamento aconteceu no último dia 8 de maio. Além de Herick, um outro trabalhador morreu e seis pessoas ficaram feridas.

Cinco vítimas já tiveram alta e um outro trabalhador precisou passar por cirurgia, mas se recupera em casa.

O armazém fica na região portuária de Paranaguá, no bairro 29 de Julho, e pertence a uma empresa de fertilizantes.

Por meio de nota, a Cibra, empresa responsável pelo armazém, informou que lamenta o ocorrido, que suspendeu as atividades da unidade até esta quinta-feira (18) e que trabalha para atender pedidos dos órgãos públicos.

Disse, ainda, que presta apoio aos familiares.

A empresa responsável pela obra, que prestava serviço à Cibra, informou que lamenta o acidente ocorrido e que está trabalhando para atender a todos os pedidos dos órgãos públicos e tem colaborado com as autoridades responsáveis para as apurações das causas do acidente.

Investigações
O caso é investigado. De acordo com a Polícia Civil, testemunhas já foram ouvidas e novas também devem prestar depoimento nesta semana.

O delegado ainda aguarda um laudo da perícia que deve apontar as causas do desabamento e condições da estrutura.

 

By Josias Menezes

Veja Também