O presidente Jair Bolsonaro comemorou neste domingo (1°) a liberação da pesca de sardinha em Fernando de Noronha. A medida já havia sido anunciada na sexta-feira pelo secretário da Pesca, Jorge Seif, que visitou o arquipélago em companhia de outras autoridades, entre elas o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que deu aval à liberação.

“Em Fernando de Noronha a pesca da sardinha era proibida. Isso mesmo, os moradores da ilha importavam pescado do continente”, escreveu Bolsonaro em sua conta no Twitter, parabenizando Seif em seguida.

Bolsonaro também postou um vídeo em que Seif diz: “Como nós podemos aceitar que Fernando de Noronha, seus bares, restaurantes, comunidade, pais e mães de família, enfim, trazem peixe do continente porque não têm capacidade de produzir seu próprio pescado? É a piada de mais mau gosto que eu já ouvi na vida. É inacreditável que órgãos do Meio Ambiente, órgãos da Pesca, não haviam antes da nossa gestão sentado e dialogado, buscado entendimento para trazer emprego, renda, alimento, segurança alimentar, economia, produção. É inacreditável. Mas águas passadas. Foi por isso que o presidente Bolsonaro foi eleito. Para romper com paradigmas e para abrir diálogo”.

Em seu perfil no Twitter, Seif também postou um vídeo em que ele está num barco em Fenando de Noronha mostrando outro, em que há pescadores. Segundo ele, são “poucas embarcações, todas de características artesanais, realizadas 100% por nativos”.

A medida havia sido anunciada por Seif no Twitter na última sexta-feira (30), quando ele escreveu: “No que cabe à pesca, uma demanda de décadas dos pescadores da possibilidade de pescar a sardinha na unidade de conservação da ilha. Após estudos de impacto, relatórios técnicos, observação do Plano de Manejo e trabalho de equipes do ICMBio [órgão do Ministério do Meio Ambiente] com a SAP [Secretaria de Aquicultura e Pesca], assinamos hoje o Termo de Compromisso com a normatização e regras, autorizando essa atividade tão importante para os pescadores nativos de Noronha.”

Litoral paulista

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) saiu do Forte dos Andradas, em Guarujá, no litoral de São Paulo, para participar de um almoço em Praia Grande neste domingo. Durante o passeio, Bolsonaro cumprimentou pessoas que o aguardavam, entre idosos e crianças, sem máscara. Ele chegou à Baixada Santista na última sexta para aproveitar o feriado de Finados.

De acordo com a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República, não há previsão de compromissos oficiais durante o período. O presidente está hospedado no Hotel de Trânsito da Fortaleza, sede da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea. Um esquema de segurança foi montado no entorno do local.

Bolsonaro deixou o forte por volta das 11h, onde parou para tirar foto e conversar com moradores. Em seguida, saiu em direção ao Forte do Itaipu, em Praia Grande, onde chegou às 12h.

Já por volta das 14h, a comitiva de Bolsonaro deixou a fortaleza militar. O presidente parou para cumprimentar a população que o aguardava na frente do forte. No local, abraçou crianças e idosos e tirou dezenas de fotos, sempre sem máscara de proteção. De lá, o presidente entrou no carro para voltar ao Forte dos Andradas, em Guarujá.

No sábado (31), o presidente também deixou o forte às 16h e fez um passeio de moto pelas ruas de Guarujá. Na ocasião, fez uma breve parada em um quiosque no Canto do Tortuga e, sem seguida, parou em uma parada no bairro Jardim Las Palmas.

No dia 7 de julho, Bolsonaro confirmou ter contraído o novo coronavírus. Na ocasião, o presidente relatou sintomas leves, como mal-estar, cansaço, um pouco de dor muscular e febre de 38 graus. Em 25 de julho, anunciou, em suas redes sociais, que testou negativo para a doença.

Sétima visita

Essa é a sétima vinda de Bolsonaro à Baixada Santista como presidente. Durante o mandato, ele visitou a região durantes os feriados de Páscoa e da Proclamação da República em 2019.

Já em janeiro de 2020, o presidente esteve durante cinco dias na região, onde também participou da inauguração do Pronto Socorro da Santa Casa de Santos. Durante o carnaval, Bolsonaro também ficou hospedado no Forte dos Andradas em Guarujá.

Em setembro deste ano, o presidente ganhou o título de cidadão vicentino e visitou a Ponte dos Barreiros, em São Vicente. Bolsonaro também visitou a região durante o feriado de Nossa Senhora Aparecida, em outubro.